LABRIGEO-UNIFAP

View previous topic View next topic Go down

LABRIGEO-UNIFAP

Post by Admin on Thu Mar 10, 2016 11:08 am

Simulação de atentado terrorista - LABRIGEO

Admin
Admin

Posts : 11
Join date : 2016-03-09

View user profile http://geopolsimex.forumeiros.com

Back to top Go down

Re: LABRIGEO-UNIFAP

Post by cinthiamirla on Thu Mar 10, 2016 11:24 am

Finalmente




cinthiamirla

Posts : 4
Join date : 2016-03-10

View user profile

Back to top Go down

Re: LABRIGEO-UNIFAP

Post by cinthiamirla on Thu Mar 10, 2016 9:43 pm

bounce


cinthiamirla

Posts : 4
Join date : 2016-03-10

View user profile

Back to top Go down

Ataques terroristas abalam o Rio de Janeiro

Post by Admin on Fri Mar 11, 2016 10:36 am

[Simulação de Gestão de Crise: Atentado Terrorista]

INTERNACIONAL
Ataques terroristas abalam o Rio de Janeiro
Polícia confirmou quatro explosões em ônibus e estações do metrô e pelo menos 72 mortes. Ainda não há confirmação, mas analistas internacionais acreditam que grupo ligado ao Estado Islâmico pode estar por trás dos ataques, mas polícia federal do Brasil disse que nenhum grupo reivindicou autoria. Bolsas entraram em queda, e o Exército foi enviado para vigiar o centro da cidade.

Um dia depois da abertura das Olimpíadas, o Rio de Janeiro viveu momentos de terror e caos nesta sexta-feira (11/03). Uma série de quatro explosões em ônibus e estações de metrô matou no mínimo 72 pessoas e deixou mais de 1000 feridos na capital fluminense, segundo a polícia. Durante toda a manhã, a imprensa falou em seis ou até sete explosões, 92 mortes e mais de mil feridos.

A polícia confirmou que o andar superior de um ônibus turístico de dois andares foi destruído pela explosão de uma bomba. O número de mortos deve aumentar, pois a polícia não divulgou quantas pessoas morreram nesse ataque.

A versão online da revista Veja informou que um grupo chamado "Estado Islâmico para a América Latina" publicou num site islâmico mensagem na qual assumiu a autoria do atentado. Segundo a mensagem, outras cidades brasileiras seriam os próximos alvos. A autenticidade do documento não foi comprovada. A polícia federal do Brasil divulgou que nenhum grupo assumiu a autoria dos ataques.

O presidente da república disse pela manhã que se trata de um ataque terrorista coordenado para coincidir com a abertura das Olimpíadas e atingir alvos brasileiros e estrangeiros que vieram participar dos jogos. O presidente interrompeu sua participação no evento e retornou a Brasília. O combate ao terrorismo está na pauta do Conselho Nacional de Contraterrorismo, e o think-tank LABRIGEO foi chamado para briefing pelo Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República.

O governo brasileiro condenou com veêmencia os atentados no Rio de Janeiro, e o Itamaraty recebeu diversas comunicações diplomáticas de condolência de países aliados e ofertas de colaboração para ações de contraterrorismo. O JSOC dos Estados Unidos, a pedido do Brasil, preparou tropas especiais para agir, caso necessário, em apoio às unidades de contraterrorismo da Polícia Federal, das Forças Armadas e da Força Nacional.

"Esses crimes pérfidos, que custaram a vida e a saúde de muitos inocentes, são condenados com veemência por mim e por todos os integrantes do mundo civilizado", afirmou o chanceler brasileiro. O Ministro das Relações Exteriores disse em Brasília que "o terrorismo não deve e não irá se impor". O presidente Barack Obama enviou telegrama de condolências ao Planalto. Ele classificou os atentados de "bárbaros".


Mortos e feridos
Segundo informações da Polícia Federal, há pelo menos 72 vítimas fatais e cerca de 45 feridos graves (com amputações ou queimaduras) em Londres. Há ainda cerca de 1000 casos registrados de ferimentos leves e intoxicação. A Globo News afirmou que há pelo menos 65 mortos e no mínimo mil feridos. Todos os hospitais da região metropolitana do Rio permaneceram em estado de alerta máximo. O Exército foi mobilizado para vigiar o centro da capital fluminense.

Segundo a polícia, a primeira das explosões ocorreu na estação General Osório, às 8h51 (horário local), e causou a morte de sete pessoas. Cinco minutos depois, uma bomba explodiu num trem perto da estação do Largo do Machado, onde 21 pessoas morreram. Outras cinco morreram numa explosão na estação do Catete, às 9h15. A quarta bomba explodiu em vagão do metrô parado na estação Central, às 9h47. A polícia não sabe quantas pessoas morreram nesse último ataque.

A rede metroviária da cidade foi completamente paralisada após os ataques e o centro do Rio, evacuado.


Ataque coordenado
O Ministro da Defesa parte do princípio de que as explosões foram conseqüência de ataques terroristas. "O terror atingiu o Brasil e acertou um país que tem a tradição de ser pacífico", disse.

Segundo os especialistas em terrorismo do LABRIGEO que estão prestando consultoria ao governo, não há dúvidas de que se trata de um ataque terrorista coordenado ao centro do Rio de Janeiro. Analistas do think tank disseram que, até agora, o "Estado Islâmico na América Latina" não havia aparecido em atividades terroristas na região, e apesar dos relatos de inteligência, a característica de "célula adormecida" do grupo dificultou as ações de contraterrorismo e a produção de medidas de antiterrorismo.

"Neste momento, há muitas organizações que querem se colocar em cena para espalhar ainda mais pânico. Por isso devemos trabalhar para descobrir, com grau máximo de certeza, qual a organização por trás do atentado", advertiu.

O porta-voz da bancada conservadora no Parlamento disse que "agora está claro que se trata de ataques terroristas. Isto é o definitivo pesadelo".

Antonio da Silva, da agência CNN Brasil, com informações da AP, da Reuters e da GloboNews.

Admin
Admin

Posts : 11
Join date : 2016-03-09

View user profile http://geopolsimex.forumeiros.com

Back to top Go down

Re: LABRIGEO-UNIFAP

Post by Admin on Fri Mar 11, 2016 10:37 am

Mapa do metrô do Rio: http://i84.servimg.com/u/f84/19/43/72/13/mapa-m10.jpg

Sites de pesquisa recomendados:
Jihadology
Global Security
Foreign Policy
Foreign Affairs
START University of Maryland

Admin
Admin

Posts : 11
Join date : 2016-03-09

View user profile http://geopolsimex.forumeiros.com

Back to top Go down

Re: LABRIGEO-UNIFAP

Post by Lenin on Fri Mar 11, 2016 12:27 pm

Uma primeira medida essencial é um isolamento civil de 500 metros de diâmetro do epicentro do evento, bem como estado de alerta e vigilância sobre toda a extensão que compreende os trilhos do metrô.

Lenin

Posts : 2
Join date : 2016-03-10

View user profile

Back to top Go down

Re: LABRIGEO-UNIFAP

Post by Admin on Fri Mar 11, 2016 7:28 pm

Boa, Lênin. Mas questões adicionais precisam ser respondidas por nós, tomadores de decisão:

1) E se o atentado tiver sido apenas uma atração para as forças de segurança?

2) E se houver um segundo atentado em andamento em algum dos pontos?

3) Qual o tipo de explosivo utilizado? E se fosse PETN ou Semtex, será que 500m seriam suficientes?

4) Como vigiar toda a extensão do metrô? Vigilância subterrânea, vigilância de superfície, ambas? Quem faria esse papel? Forças Armadas? PF? Polícia Militar? Bope?

Quero sugestões!

Admin
Admin

Posts : 11
Join date : 2016-03-09

View user profile http://geopolsimex.forumeiros.com

Back to top Go down

Re: LABRIGEO-UNIFAP

Post by Admin on Fri Mar 11, 2016 7:43 pm

[Simulação de Gestão de Crise: Atentado Terrorista]

INTERNACIONAL
Afiliada do Estado Islâmico assume autoria do atentado no Rio de Janeiro
Polícia Federal e ABIN confirmaram em nota conjunta que um grupo afiliado ao Estado Islâmico no Iraque e na Síria foi o responsável pelo atentado dessa manhã no Rio de Janeiro.

Horas após o atentado que matou 208 pessoas e feriu outras 1076 em explosões simultâneas em estações de metrô do Rio de Janeiro, o grupo Ad Dawlah Al Islamiyah al Barazeel - afiliado ao Estado Islâmico no Iraque e na Síria (ISIS) - assumiu a autoria do ataque terrorista. Em vídeo divulgado no site Al Jazeera e reproduzido no Live Leak o sheikh Abdullah Farid al Barazeeli - sírio naturalizado brasileiro - congratula os autores do atentado e conclama o Estado Islâmico a instalar uma base permanente de operações no país.

Sob ameaças, pontos turísticos famosos do Rio de Janeiro como o Pão de Açúcar e o Cristo Redentor foram fechados. As Forças Armadas despacharam as forças especiais do Brasil para auxiliar ABIN e Polícia Federal na caça aos terroristas e na prevenção de outros atentados. As ruas do Rio ficaram vazias, mas o Comitê Olímpico Internacional se recusou a interromper os jogos olímpicos alegando que a segurança do evento é suficiente para evitar esse tipo de ameaça.

O Itamaraty afirmou que, entre os mortos, 97 são estrangeiros, dentre eles quatro diplomatas americanos que retornavam para o hotel, e dois militares americanos que faziam a segurança do grupo. A Casa Branca, em coletiva de imprensa, condenou os atentados e colocou-se à disposição para auxiliar o governo brasileiro na caça aos terroristas.

Fontes militares que não quiseram se identificar afirmar que, embora a Casa Branca tenha adotado um tom cooperativo, a Quarta Frota dos EUA já foi despachada para se aproximar das águas territoriais brasileiras e, em caso de necessidade, fazer a exfiltração de atletas americanos no país.

O LABRIGEO foi chamado ao Gabinete de Crise montado na Escola de Guerra Naval (RJ) para acompanhar o evento e tomar decisões relativas à contenção da ameaça e à proteção de atletas, diplomatas, autoridades e dos civis. É aguardado um comunicado do LABRIGEO sobre as primeiras medidas a serem tomadas.

Lênin Colares, consultor geopolítico do LABRIGEO, tinha anunciado mais cedo que seria elaborado um plano de contenção e isolamento nas áreas em volta dos locais dos atentados, mas alguns especialistas afirmaram em entrevista à Globo News que os 500 metros propostos pelo consultor talvez não fossem suficientes para conter uma ameaça de carro-bomba com Semtex concentrado ou PETN.

Também não há consenso sobre quem deveria liderar a missão de vigilância dos túneis do metrô, embora já se tenha elogiado a medida, que servirá pra evitar eventuais usos dos túneis pelos terroristas para circulação e operação. Uma coletiva de imprensa será marcada pelo Gabinete de Crise para discutir a situação.


Antonio da Silva, da agência CNN Brasil, com informações da AP, da Reuters e da GloboNews.

Admin
Admin

Posts : 11
Join date : 2016-03-09

View user profile http://geopolsimex.forumeiros.com

Back to top Go down

Re: LABRIGEO-UNIFAP

Post by Admin on Fri Mar 11, 2016 7:46 pm

Autoria?

Medidas?

Justificativa para medidas?

Admin
Admin

Posts : 11
Join date : 2016-03-09

View user profile http://geopolsimex.forumeiros.com

Back to top Go down

Re: LABRIGEO-UNIFAP

Post by Lenin on Fri Mar 11, 2016 11:38 pm

4) Como vigiar toda a extensão do metrô? Vigilância subterrânea, vigilância de superfície, ambas? Quem faria esse papel? Forças Armadas? PF? Polícia Militar? Bope?
-
Um opção é um Shunter(ou outro pequeno veículo que ande sobre trilhos) tripulado por um esquadrão anti-bombas para fazer uma vistoria em todo o perímetro dos trilhos.

E nas entradas do metrô (na superfície) um contingente do Bope

Lenin

Posts : 2
Join date : 2016-03-10

View user profile

Back to top Go down

Re: LABRIGEO-UNIFAP

Post by Admin on Sat Mar 12, 2016 8:30 pm

A PMERJ ou alguma força de segurança baseada no Rio de Janeiro tem esse equipamento?

Sobre o BOPE, boa opção.

Admin
Admin

Posts : 11
Join date : 2016-03-09

View user profile http://geopolsimex.forumeiros.com

Back to top Go down

Re: LABRIGEO-UNIFAP

Post by Admin on Sat Mar 12, 2016 8:32 pm

Cinthia, você que está online nesse momento, quer auxiliar na análise?

Admin
Admin

Posts : 11
Join date : 2016-03-09

View user profile http://geopolsimex.forumeiros.com

Back to top Go down

Re: LABRIGEO-UNIFAP

Post by cinthiamirla on Sat Mar 12, 2016 8:35 pm

Eu estava estudando.. Nao quero falar besteira

cinthiamirla

Posts : 4
Join date : 2016-03-10

View user profile

Back to top Go down

Re: LABRIGEO-UNIFAP

Post by Admin on Sat Mar 12, 2016 8:46 pm

Smile

Admin
Admin

Posts : 11
Join date : 2016-03-09

View user profile http://geopolsimex.forumeiros.com

Back to top Go down

Re: LABRIGEO-UNIFAP

Post by Larisa Gongá on Sat Mar 12, 2016 8:51 pm

É importante além da vigilância nos locais dos atentados no Rj, haver um reforço de segurança nas cidades que irão receber os jogos de futebol; São Paulo, Salvador, Manaus, Brasília e Belo Horizonte, pois são locais estratégicos para um possível ataque.

Larisa Gongá

Posts : 1
Join date : 2016-03-10

View user profile

Back to top Go down

Re: LABRIGEO-UNIFAP

Post by cinthiamirla on Sat Mar 12, 2016 9:50 pm

Voltar esforços para investigar possíveis ligações de chilenos com os atentados, devido a existência de casos de recrutamento do Estado Islâmico na América Latina, como o jihadista Bastián Vázquez.

cinthiamirla

Posts : 4
Join date : 2016-03-10

View user profile

Back to top Go down

Re: LABRIGEO-UNIFAP

Post by Danilo Sorato on Sun Mar 13, 2016 12:00 am

Prof.


O Brasil deveria deslocar o Comando Conjunto de Prevenção e Combate ao Terrorismo (CCPCT), e também, ao menos 30% do efetivo militar (algo aproximadamente, 11.000 de 38.000 mil, que estão engajados para os Jogos Olímpicos) para atuar na proteção ao metro, em especial na linha 2, já que ela passa pelo Maracanã. O estádio sediará eventos importantes, como os jogos de futebol masculino e feminino, este último com o agravante dos EUA serem o principal competidor. Ademais, o Estádio é um símbolo nacional e mundial, portanto é um alvo de alto perfil para ataques.

Sobre o atentando perpetrado contra os americanos, precisa-se reforçar a segurança a eles, especificamente, aos competidores que estão mantidos na Vila Olímpica. O percurso que será feito pelos competidores até os locais de competição deverá ser isolado pela polícia local, com o apoio das Forças Armadas no entorno dando cobertura em pontos estratégicos. Outra questão é entrar em contato com o governo estadunidense, para que seja pedido prudência aos competidores nas saídas de lazer, sendo preferível que evitem ao máximo.

Danilo Sorato

Posts : 2
Join date : 2016-03-12

View user profile

Back to top Go down

Re: LABRIGEO-UNIFAP

Post by Thallita Barbosa on Sun Mar 13, 2016 1:20 am

Assim como é importante vigiar os locais para a ocorrência de possíveis outros atentados é necessário também voltar atenção a possíveis ligações Estado Islâmico com muçulmanos que residam na América do Sul, principalmente na Tríplice Fronteira que une o Brasil ao Paraguai e Argentina, lugar que reúne uma grande quantidade de muçulmanos, o que de acordo com algumas fontes possibilitou o ataque terrorista que ocorreu na Argentina em 1994. Por serem muçulmanos a conexão com agentes do Estado Islâmico, principalmente por meio das redes sociais se tornaria mais fácil, viabilizando outras ações dos ditos "lobos solitários".

Thallita Barbosa

Posts : 1
Join date : 2016-03-10

View user profile

Back to top Go down

Re: LABRIGEO-UNIFAP

Post by Vitoriano. on Sun Mar 13, 2016 2:05 am

se o atentado tivesse sido apenas uma atração para as forças de segurança?
R: em todo segumento de um país que esteja em trabalho de prevenção e estruturação de uma estratégia antiterrorista, precisa-se ter como lema de trabalho: “nunca deslocar todo o contingente policial para um só lugar”, esteja ele sob ataque, esteja ele sob treinamento, esteja ele apenas sob vigilância. Então vem a necessidade de se ter vários homens à disposição do serviço executor destas táticas, sem mencionar o largo alcance e quantidade que as armas e demais instrumentos bélicos devem ter para dar conta do serviço. Ataque terrorista na residência oficial do governador em Macapá? Deslocam-se então basicamente três frentes de forças para lá para:
Força 1: isolar o perímetro (isso é extremamente necessário) impedindo tanto saída quanto entrada de demais pessoas;
Força 2: invasão (se for) do local, reconhecimento, passagem de informações e checagem de demais pólos de ataque;
Força 3: após a força 1 e 2, socorre os possíveis feridos e recolhe as possíveis vítimas.
Com o auxílio do estudo prévio da cartografia e da formação do terreno em questão (como estamos muito competentemente sendo instruídos pelos professores do Laboratório) pode-se poupar averiguações em cima da hora, ou seja, perder tempo na hora do incidente, o atentado em si. Exemplo: conhecer a planta do território (detalhe), se o lugar tem matas em volta, rios, bons lugares para escoamento da possível fuga.
Não adianta colocar a Força 3 antes da 1 e 2. Lembrando sempre que o local e as proximidades de um atentado terrorista será sempre inóspito e imprevisível até a décima averiguação.
O Brasil (e qualquer outro país), em seu treinamento de resposta antiterrorista, precisa guardar então esse princípio: nunca mover todo o seu contingente militar para a área de ataque. Tenha ou não reféns.

E se hover um segundo atentado em andamento em algum dos pontos?
R: outra vez resume-se: não se pode mover toda força militar para a área primária de ataque. Justamente por essas questões. Para prever esses ocorridos, é importante perguntar-se: “se eu fosse um terrorista, qual seria o meu leque de estratégias?” a partir daí tira-se as mais variadas conclusões e aplica-se a defesa (e possível ataque) em cima delas.
Havendo o primeiro ataque, mais uma vez, com o auxílio do estudo prévio, estima-se qual seria o próximo local de ataque. Para lá desloca-se um montante de forças, mas claro, não todas. Cobre-se também as proximidades e os locais contendo aglomerados de pessoas e possíveis alvos em potencial como chefes de Estado, etc. Havendo um ataque dessas proporçoes (como os de Paris, por exemplo) é importante pensar em uma estratégia de ágil escoamento das forças militares para qualquer lugar da cidade, seja em terra, mar ou aéreo. Assim, havendo ataques em outros pontos, os destacamentos militares estarão de prontidão. O que muito se espera, visto o exemplo desses ataques recentes: simultâneos, bem cronometrados e armados, e bem distantes uns dos outros para dificultar a cobertura da polícia.

Esse é o meu pensamento quanto às perguntas preventivas do prof. Quanto às outras duas, que são mais técnicas, ainda tenho que estudar um pouquinho mais pra poder opinar kkkk

Vitoriano.

Posts : 1
Join date : 2016-03-13

View user profile

Back to top Go down

Re: LABRIGEO-UNIFAP

Post by Admin on Mon Mar 14, 2016 8:39 am

Larisa, boa percepção! Sobre a vigilância nas cidades-sede de jogos, quais unidades militares brasileiras poderiam ser utilizadas em cada uma dessas cidades? Queria que você fizesse um levantamento das unidades militares especializadas que existem em cada uma das cidades-sede (em Salvador, por exemplo, temos o 19o Batalhão de Caçadores, que poderia ser utilizado e rapidamente mobilizado para dar suporte à segurança nos jogos).

Cinthia, boa referência. Você poderia fazer um levantamento dos casos de latino-americanos envolvidos com jihadismo?

Danilo, boa ideia essa de criação de um CCPCT. Sobre as transferências de efetivo, de onde essas unidades militares viriam? Será que esses 30% já não estão baseadas no Rio? Sobre a segurança dos americanos, seria o caso de permitirmos que algumas tropas americanas (SEAL's, Deltas, MARSOCs, SOARs, SWCCs) tivessem autorização para circulação no território nacional, especificamente para terceirizarmos a segurança dos americanos? Essa prerrogativa dos americanos - na eventualidade de você achar que é a melhor opção - poderia ser estendida a outros países e tropas (Spetznas russa, GIGN francês, Mukhabarat árabe, IDF israelense)? Se sim, quais?

Thallita, muito bom! Você poderia tentar fazer um levantamento das atividades terroristas na Tríplice Fronteira? Sugiro que busque na US Congress Library dados sobre esse tipo de operação na chamada Triple Border Area (TBA).

Natalie, boa! Em quais pontos as unidades militares poderiam ser localizadas para criar-se um perímetro eficiente de vigilância e prevenção?

Admin
Admin

Posts : 11
Join date : 2016-03-09

View user profile http://geopolsimex.forumeiros.com

Back to top Go down

Re: LABRIGEO-UNIFAP

Post by Danilo Sorato on Mon Mar 14, 2016 10:30 am

Prof,

O CCPCT é o órgão de operação oficial das Forças Armadas no Rio 2016.  Os 38. 000 militares são o número que as Forças Armadas estão trabalhando no RJ.
Sobre o efetivo,  sim,  ele está presente no Rio de Janeiro,  que é o local da sua base de operações.  Os 30% se referiam ao deslocamento aos metros.

Em relação a liberação de tropas estrangeiras no território nacional,  já existe um precedente autorizado no governo Lula. Sabe-se que a CF/88 pede que o Parlamento faça a autorização,  mas nesse caso precisamos compreender que o contexto demanda agilidade.  Portanto,  o governo precisa convencer as bases internas contrárias a esse movimento,  demonstrando que a segurança dos estrangeiros deve ser prioridade,  e diminuindo o debate sobre a perda de soberania. Inclusive,  pode-se utilizar o Itamaraty para fomentar negociações de cooperação em defesa com os países envolvidos, para que nossas tropas ganhem expertise no assunto, no curto e longo prazo.
Assim,  precisamos fazer a liberação aos países que possuem a maior possibilidade de sofrer atentado pela campanha que fazem contra os terroristas,  como os EUA,  França,  Rússia,  Alemanha e Inglaterra.
Os EUA poderiam ceder os NavySeals,  criados em 1942 paara atuar na terra,  água e ar.  Mas que atualmente estão sendo usados em combates terrestres nas ações antiterroristas.  
A França poderia ceder o GIGN, que atua desde 1973. Entretanto, em 2007, passaram por uma reformulação que agregou novas disposições a sua expertise. Eles tem uma qualidade inegável nessas ações, especialmente, em resgate de reféns nos aviões.
A Rússia poderia ceder a Spetznas russas,  especificamente a unidade Alpha,  que desde 1974 atua com ações antiterroristas.
A Alemanha poderia ceder a GS9 der Bundespolizei,  criado em 1972 para combater ações antiterroristas. Eles possuem treinamento feito com a forças especiais israelistas, Sayeret Matkal,  o que faz deles ótimos nesse tipo de combate.
A Inglaterra poderia ceder o Special Air Service,  criado em 1941,  é a referência das forças especiais no mundo. Eles são bons em condições desfavoráveis.

Danilo Sorato

Posts : 2
Join date : 2016-03-12

View user profile

Back to top Go down

Re: LABRIGEO-UNIFAP

Post by MarcellaFavilla on Thu Mar 17, 2016 1:58 pm

A França ofereceu troca de informações e cooperação em casos de atentado terrorista. Podemos solicitar essas essas informações agora, para chega a possíveis suspeitos e montar uma operação de busca por eles. França oferece cooperar com Brasil para reduzir risco em Olimpíada

MarcellaFavilla

Posts : 1
Join date : 2016-03-10

View user profile

Back to top Go down

Re: LABRIGEO-UNIFAP

Post by Sponsored content


Sponsored content


Back to top Go down

View previous topic View next topic Back to top


 
Permissions in this forum:
You cannot reply to topics in this forum